Portugal tem 7 milhões de consumidores de rádio

Portugal tem 7 milhões de consumidores de rádio que, de acordo com a Marktest, ouvem três horas por dia. Considerando que o país tem cerca de 10,3 milhões de residentes, a rádio acaba por ser, praticamente, uma inevitabilidade nas nossas vidas.

82% dos residentes em Portugal continental com 15 e mais anos ouve rádio pelo menos uma vez por semana. 58% ouvem todos os dias. São quatro milhões e 900 mil ouvintes de rádio.

Sim, este meio está vivo, está de saúde e recomenda-se, embora muitas se tenha previsto a morte da rádio. Primeiro ia ser a televisão, depois ia ser a internet e agora há quem fale do risco das plataformas de ‘streaming’.

É certo que o Spotify tem hoje mais de 40 milhões de utilizadores pagantes em todo o mundo e a Apple Music, mais de 20 milhões. A estes juntam-se muitos outros serviços que permitem criar ‘playlists’ próprias sem publicidade. É o céu na Terra para quem quer ouvir música.

Mas porque a rádio é feita para pessoas, tem de ter pessoas lá dentro. Para lhe dar qualidade de vida, para estarmos acessíveis em todo o lado, à distância de um clique. A internet não matou a rádio. Tornou-a mais acessível, mais criativa.

17% dos ouvintes de rádio em Portugal fazem-no através da internet. São sobretudo indivíduos entre os 15 e os 24 anos, quadros médios e superiores. 18% homens, 17% mulheres. Um pouco mais em Lisboa do que no resto do país.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *